Ligue Já
(11) 5668-8000
0800 788-8000
Aceitamos
Cartão de Crédito
Visa/MasterCard
Biologia das Pragas

A Ibaraki

Clientes

Trabalhe Conosco

Orçamento

Contato

Como Chegar

Morcegos: O que fazer se um morcego aparecer em casa?

O que fazer se um morcego aparecer em casa?

A maioria dos morcegos que entra em nossas casas vai parar lá por acidente. Costumam ser filhotes em busca de alimento, água ou refúgio. Não necessariamente você encontrará o morcego propriamente dito, mas sim alguns sinais de sua presença. Como marcas e, principalmente, fezes.

Mas, caso tenha um encontro direto com o animal em local fechado, tente ficar calmo. Se o animal estiver voando, muito provavelmente encontrará a saída sozinho. Acenda luzes para que o animal sinta-se incomodado e queira sair o quanto antes e possa enxergar as opções de saída. Feche as portas e janelas que permitam a entrada do animal em outro cômodo da casa e abra janelas e portas que permitam sua saída. Evite provocar o animal ou tentar capturá-lo. A melhor opção e deixar que ele vá embora sozinho, sem causar alarme.

Se o animal estiver machucado, incapaz de voar ou morto você terá que providenciar a sua retirada. Lembre-se de evitar o contato direto. Tente colocar um pote plástico sobre este e coloque um papelão devagar entre o balde e o chão para depois virar lentamente o pote. Se achar necessário solicite a assistência do Centro de Controle de Zoonoses, ou outro órgão equivalente, de sua região.

Mas, o problema que mais incomoda as pessoas na verdade não são encontros casuais com esses animais, mas sim quando percebe-se que um bando de morcegos se instalou em sua casa.

Em regiões urbanas, os morcegos mais comuns são os insetívoros, que se alojam com bastante freqüência em edificações. Falhas na construção ou detalhes arquitetônicos, como fendas e frestas costumam dar abertura para a instalação dos bandos.

É importante verificar telhados, forros sótãos e quaisquer tipos de vão com freqüência. E tentar manter esses locais inacessíveis para entrada de animais. Não só morcegos, mas também ratos, pombos e outros. Telas de nylon costumam ser bastante eficientes.

Para saber por onde os morcegos estão entrando e saindo, procure observara movimentação perto do horário do pôr-do-sol, quando eles iniciam suas atividades.

Uma estratégia interessante, no caso de telhados, é colocar algumas telhas de vidro, que permitiram a entrada de luz durante o dia, de maneira que o ambiente torna-se impróprio para o refúgio dos morcegos.

Se o bando já está instalado, pertubá-los pode ser uma boa estratégia. Não fique muito próximo, mas ligue um som e acenda luzes perto do abrigo durante o dia, no horário em que esses animais devem estar dormindo. Naturalmente eles preferem um local calmo para seu repouso. Se o abrigo deixar de apresentar algumas características básicas para seu conforto, o bando abandonará a área.

Outra idéia que funciona, é instalar linhas e faixas perto a região de entrada do abrigo. A dificuldade em voar na região de entrada também poderá motivar o bando a se mudar.

Caso essas medidas não funcionem, tem-se a opção de adotar estratégias mais severas, com uso de repelentes químicos e contratação de serviços especializados.

Importante!

Não toque um morcego com as mãos. Ele poderá mordê-lo, independente do tamanho que apresentar, se é ou não hematófago.

Além disso não esqueça que os Chiroptera por serem da fauna nativa são protegidos pela Lei de Crimes Ambientais e desta forma só poderão ser controlados por pessoas ou órgãos devidamente autorizados.

Mas se o contato for inevitável?

É bastante raro o morcego atacar. Mas caso aconteça em primeiro lugar, mantenha a calma! Em áreas urbanas as chances de ser um morcego hematófago é baixa!

Além disso, a mordida de morcego hematófago ao se alimentar é muito característica. A pele é arrancada com os incisivos e caninos e há sangramento intenso. O ferimento é muito diferente da mordida de morcegos não hematófagos que em geral são mais delicadas, apenas alguns furinhos na pele, com pouco sangramento.

De qualquer forma, ao ser constatada a mordedura de morcego, hematófago ou não, siga os passos básicos a seguir:

 Lave imediatamente o ferimento com água e sabão.

 Procure o Serviço de Saúde mais próximo.

 Se possível capturar o animal, não o mate! Observá-lo por alguns dias poderá responder se ele está ou não infectado com o vírus
    da raiva.

 Depois de receber as instruções médicas, siga-as rigorosamente!

 Mesmo que ninguém tenha sido mordido, mas um animal capturado apresentar comportamento diferente, não o mate e procure o
    Serviço de Saúde.

Dedetização com Segurança? Ibaraki Dedetizadora 11 5668.8000!

Como Espantar um Morcego e Garantir sua Saúde Morcego Morcegos O que fazer se um morcego aparecer em casa?
 
 
Palavras Mais Buscadas: Dedetizar | Dedetização | Dedetizadora | Descupinização | Descupinizadora | Desratização | Desratizadora