A Ibaraki

Clientes

Trabalhe Conosco

Orçamento

Contato

Como Chegar

Morcegos: Biologia dos Morcegos

Detalhes da Biologia dos Morcegos:

A principal característica dos morcegos é justamente a que dá o nome ao grupo. A mão transformada em asa, que lhes possibilita o vôo verdadeiro.

Essa modificação pode ser mais bem entendida se compararmos os ossos das asas do morcego com os ossos da mão de outro mamífero. Os ossos do metacarpo são o conjunto de ossos entre os do carpo, a base da mão, e as falanges, que são os ossos dos dedos. Nos morcegos os ossos do metacarpo e também o segundo e quinto dedo dos membros anteriores, ou seja, das mãos, são alongados e entre eles existe uma membrana. Essa membrana se estende dos dedos até o lateral do corpo e a base dos membros inferiores e é chamada de patágio. Enquanto os ossos dão estrutura às asas, a membrana garante que sua função de vôo seja bem executada.

Algumas espécies possuem também o uropatágio, uma membrana entre os membros posteriores e também a cauda, o que garante asas de maior área e, portanto, mais fortes.

O patágio é um tecido ricamente vascularizado, o que permite que a asas dos morcegos participem de outras funções que não só o vôo. No frio, os morcegos se cobrem com as próprias asas numa tentativa de esquentar o corpo e conservar o próprio calor. Já em épocas quentes, os morcegos estendem as asas, permitindo maior troca de calor com o ambiente, amainando um pouco a sensação térmica.

As garras são mais freqüentemente observadas no polegar das mãos e nos membros posteriores. Assim, as patas posteriores são mais usadas para a manipulação de objetos e para que o animal se agarre a galhos e saliências.

Embora as asas sejam ideais para o vôo, acabam por atrapalhar bastante a movimentação em solo, de maneira que esses animais tornam-se extremamente vulneráveis se tiverem seu vôo prejudicado. O morcego-vampiro, uma das poucas espécies hematófagas, é uma das raras espécies que apresentam mais desenvoltura para se locomover no solo.

Outra característica tida como geral para os morcegos é seu horário de atividade. No pôr-do-sol os morcegos começam a sair de seus abrigos e são bastante ativos durante a noite. Há pouquíssimos registros de morcegos em atividade diurna, exceto para as raposas voadoras que podem ser observadas com relativa freqüência em atividade durante o dia.

De maneira geral, existem poucos predadores de morcegos, dada principalmente sua agilidade em fugir de caçadores. Algumas corujas e falcões podem eventualmente caçar os morcego, mas são mais freqüentes espécies de morcegos que caçam outras espécies menores. Em áreas urbanas é comum que gatos tentem caçá-los, principalmente no momento em que estão entrando ou saindo de deus abrigos.

Assim, os piores inimigos dos morcegos acabam sendo seus próprios parasitas. É comum encontrar carrapatos e pulgas alojados na região das asas, principalmente em função da boa vascularização e delicadeza do tegumento.

Dedetização com Segurança? Ibaraki Dedetizadora 11 5668.8000!

Biologia dos Morcegos Morcego Morcegos Vida dos Morcegos
 
 
Palavras Mais Buscadas: Ibaraki | DEDETIZAÇÃO | DEDETIZADORA | DESCUPINIZAÇÃO | DESCUPINIZADORA | DESRATIZAÇÃO | DESRATIZADORA